stephen hawking

Coisas que você não sabia sobre Stephen Hawking

Fatos pouco conhecidos sobre a vida astronômica deste cosmologista, Stephen Hawking, físico e escritor. Decerto são capazes de impressionar e de encantar as pessoas.

Neste artigo você conhecerá algumas coisas que você não sabia sobre Stephen Hawking.

O renomado físico se destaca por suas contribuições no campo da cosmologia, o estudo da origem e do desenvolvimento do universo

Stephen Hawking era tão conhecido que durante sua vida, que apareceu em programas de TV e até mesmo num filme chamado ‘A Teoria de Tudo’. Apesar de sua popularidade, há muitas curiosidades que você precisa saber sobre ele.

1. Os médicos disseram que ele teria apenas 2 anos de vida

Ele foi diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica (ELA), ou doença de Lou Gehrig, quando ele tinha apenas 21 anos.

Dessa forma a doença afeta as células nervosas envolvidas no movimento muscular, diminuindo a capacidade de se mover e falar ao longo do tempo.

Portanto, os sintomas se desenvolvem após os 50 anos e levam à morte em alguns meses ou anos.

Contudo, ele viveu até os 76 anos de idade, falecendo em 14 de Março de 2018. Aliás, foi no mesmo dia que se comemora o ‘Dia do PI’ número utilizado para cálculos matemáticos complexos.

Cosmologista Stephen Hawking em 10 de outubro de 1979 em Princeton, New Jersey.  (Crédito: Santi Visalli / Getty Images)
Stephen Hawking em 10 de outubro de 1979 em Princeton, Nova Jersey. 
(Crédito: Santi Visalli / Getty Images)

2. Stephen Hawking fez contribuições que marcaram a história

Stephen Hawking fez muitas contribuições importantes para o mundo da ciência. Então ele desenvolveu teorias sobre como o mundo começou e aprofundou nossa compreensão dos buracos negros, estrelas e do universo.

Em 1974, por exemplo, ele fez uma de suas previsões mais famosas: que os buracos negros eventualmente evaporariam completamente.

No começo, os pesquisadores acreditavam que absolutamente nada poderia escapar de um buraco negro. Tudo o que passasse por seu horizonte de eventos seria certamente rasgado, devorado e nunca teria fim. Desta forma, o buraco negro ficaria cada vez maior.

Mas, na década de 1970 isto mudou. Ele desenvolveu o conceito de radiação Hawking. Por isso, em vez de se expandir ao longo do tempo, os buracos negros podem eventualmente se dissolver.

Também indicou que o início do universo pode ter surgido com a explosão de um buraco negro. Interessante, não?

3. Stephen Hawking quis que todos tivessem esse conhecimento

Stephen sempre quis que seu trabalho fosse acessível a todos, não apenas aos cientistas e o mundo cosmológico. Ele escreveu livros que explicavam suas teorias em termos simples.

Dessa forma todos pudessem entender, dialogar, discutir e passar conhecimento.

Ele inclusive, escreveu junto de sua filha um livro infantil. O livro mais famoso foi “Uma Breve História do Tempo” , vendeu mais de 10 milhões de cópias.

4. Apesar de suas limitações, ele não permitiu que nada ficasse em seu caminho. Literalmente!

Stephen enfrentou bravamente sua doença com auxílio de sua esposa, Jane Wilde, com quem teve 3 filhos.

Contudo, teve de usar bengalas e muletas após o diagnóstico. Mas conforme sua limitação progredia, teve que passar a usar uma cadeira de rodas elétrica para se locomover. 

Então recebeu muitos prêmios por seu trabalho, incluindo a Medalha Albert Einstein de 1979 , a Ordem do Império Britânico (Comandante) em 1982 e o Prêmio Wolf de Física em 1988 .

Também é lembrado como uma inspiração para muitas pessoas. Ele tinha uma mente incrível, era determinado e não deixou sua limitação atrapalhar seu caminho. 

Ele desafiou as previsões dos médicos, vivendo por mais 55 anos após seu diagnóstico.

stephen hawking
Stephen Hawking

Siga-nos: Facebook | Instagram | Pinterest

Comentários

Deixe uma resposta